Com data definida, veja como o São Paulo se prepara para o retorno ao futebol

O futebol paulista voltará os treinos no próximo dia 1º, depois de 106 dias de paralisação. O retorno dos jogadores às atividades nos centros de treinamento será feito por etapas, que começou ontem (18), depois da liberação concedida pelo governo do Estado.

O primeiro estágio da retomada dos treinamentos, e, depois, dos jogos será a testagem em massa. Esse processo será repetido no fim do mês, pouco antes do retorno completo dos elencos aos CTs. Vale lembrar que ainda não há uma data para o retorno do Paulistão. A seguir o planejamento do São Paulo diante do iminente retorno às atividades futebolísticas.

São Paulo
O São Paulo deve concluir os testes até amanhã (20), incluindo os testes físicos comuns no início de uma temporada. O procedimento começou na última quinta-feira. O clube trata essa etapa como um passo importante para o retorno, pois os médicos terão noção da situação.

Essa etapa vai acontecer no CT da Barra Funda. O clube comprou os testes para aplicar os exames médicos. Quem testar positivo ou apresentar quadro febril será dispensado e acompanhado. A testagem também vai acontecer mais próximo à data de retorno. O procedimento, inclusive, será periódico.

Segundo o UOL Esporte, o clube montou até tendas para serem estações de trabalho para os atletas no CT da Barra Funda. A ideia é que, desta maneira, possam ser feitos exercícios físicos sem que os tricolores tenham de frequentar as dependências do Reffis. Já o estacionamento terá áreas bloqueadas. Assim, só terá espaço para um carro ficar parado a cada duas vagas. Há também mesas à disposição dos jogadores com GPS, álcool gel e demais equipamentos já higienizados.

Foi montado um fluxograma, com novas grades de bloqueio para acesso ao local. Assim, os jogadores não poderão entrar no vestiário ou ir ao prédio. Placas de sinalização foram instaladas para mostrar onde é possível transitar no CT. Os atletas deverão ser distribuídos nos campos para evitar aglomerações.

Assim que as atividades terminarem, os jogadores já voltarão para suas casas, sem utilizar refeitório ou vestiário. Outras medidas também foram tomadas nas últimas semanas para dar mais segurança aos jogadores e funcionários.

LEIA MAIS:

São Paulo lança moedas comemorativas de 90 anos com preço a partir de R$ 35

O São Paulo comemorou, no dia 25 de janeiro deste ano, 90 anos da fundação do São Paulo da Floresta que, depois de 1935,...

São Paulo irá lucrar mais R$ 21 milhões com a venda de Gustavo Maia

Cria das categorias de base do São Paulo, Gustavo Maia está muito próximo de ser jogador do Barcelona. O clube espanhol já pagou 1...
error: