São Paulo define estratégia para suportar maratona de jogos que virão

O retorno do São Paulo aos treinos, sem uma data definida até o momento, deverá ter reforços de Cotia, com jogadores do time sub-20 no elenco do técnico Fernando Diniz.

O clube teme que o retorno do futebol no país tenha um calendário apertado, com uma maratona de até quatro jogos por semana. Por isso, a ideia do São Paulo é aumentar o grupo com atletas do time sub-20 para fazer um rodízio maior entre os jogadores nas competições a serem disputadas.

Em entrevista à rádio “Transamérica”, na última segunda-feira, o gerente de futebol do São Paulo, Alexandre Pássaro, afirmou que o grupo não deverá ter grandes mudanças. A única saída iminente é a de Antony, vendido ao Ajax e com apresentação ao clube holandês prevista para julho.

– A certeza que posso dar é que a estrutura, a espinha dorsal e a base do elenco do São Paulo não vão ser mudadas – afirmou o gerente.

Embora os nomes não estejam 100% definidos, os jogadores de Cotia que poderão aparecer no elenco principal são os mesmos que estiveram no duelo contra o Botafogo-SP, pela nona rodada do Campeonato Paulista.

Naquela ocasião, Fernando Diniz deu um descanso aos titulares por causa da viagem desgastante à cidade de Juliaca, no Peru, e relacionou garotos da base.

Os escolhidos para aquele jogo foram: Lucas Fasson (zagueiro), Wellington (lateral-esquerdo), Lucas Sena (lateral-direito), Marcos Antônio (volante), Gustavo Maia (atacante), Juan (atacante) e Galeano (atacante).

Entre eles, Wellington, Galeano, Juan e Fasson, além de Anilson (lateral-direito) e Vitinho (atacante), são garotos bem avaliados e vistos como mais preparados no São Paulo.

Gustavo Maia, que também teria possibilidades de ser um reforço, tem negociação avançada com o Barcelona e pode deixar o São Paulo no fim deste mês. O pagamento dos espanhóis pela preferência de compra atrasou por causa da pandemia do coronavírus.

Além dos garotos da base, Fernando Diniz também terá o reforço de Gonzalo Carneiro, de volta após cumprir suspensão por doping.

Há ainda o possível retorno do zagueiro Rodrigo, emprestado ao Portimonense, de Portugal, até o dia 30 de junho. Ele fez 11 jogos na temporada 2019/2020, e o São Paulo considera difícil que o clube europeu confirme a compra. Se de fato retornar, a princípio ele será reintegrado. O setor defensivo está desfalcado de Walce, em recuperação de lesão grave no joelho.

LEIA MAIS:

São Paulo irá lucrar mais R$ 21 milhões com a venda de Gustavo Maia

Cria das categorias de base do São Paulo, Gustavo Maia está muito próximo de ser jogador do Barcelona. O clube espanhol já pagou 1...

São Paulo lança moedas comemorativas de 90 anos com preço a partir de R$ 35

O São Paulo comemorou, no dia 25 de janeiro deste ano, 90 anos da fundação do São Paulo da Floresta que, depois de 1935,...
error: