São Paulo joga bem e vence o Atlético-GO com facilidade no Morumbi

Enfim, deu tudo certo para o São Paulo. E o técnico Fernando Diniz ganhou sobrevida. Depois de sete jogos sem vencer, o Tricolor bateu o Atlético-GO por 3 a 0 na noite desta quarta-feira, no Morumbi, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols foram marcados por Brenner (duas vezes) e Gabriel Sara. Além de acabar com o jejum de vitórias, o Tricolor voltou a ficar sem ser vazado depois de 10 jogos sofrendo gol. Os mais supersticiosos até podem dizer que o terceiro uniforme, utilizado contra o Dragão, deu sorte. Tinha sido com ele, contra o Fluminense, o último triunfo antes da sequência ruim. Do outro lado, o time comandado por Vagner Mancini chegou a dar alguns sustos nos donos da casa, mas parou em Tiago Volpi nas melhores oportunidades.

A vitória levou o São Paulo novamente para a terceira colocação, agora com 23 pontos – a situação, porém, pode mudar ao final da rodada. O Atlético-GO, por sua vez, com 15, caiu para a 14ª posição e pode descer ainda mais.

Assista aos melhores momentos:

Primeiro tempo
Quem arriscou primeiro no Morumbi foi o Atlético-GO. Zé Roberto, aquele do Mirassol, chutou de fora da área e mandou por cima do gol. Logo depois, o São Paulo perdeu um gol incrível. Na verdade, dois. A defesa do Dragão saiu jogando errado, Luan desarmou e tocou par Vitor Bueno desperdiçar grande oportunidade. No rebote do goleiro e com o gol vazio, Gabriel Sara mandou para fora. O Tricolor voltou a chegar com perigo, aos 24, quando Brenner marcou após chute de Daniel Alves. Mas o atacante estava impedido. Aos 27, Igor Gomes perdeu outra chance clara para os donos da casa. Quando chegou de novo, o Atlético-GO foi perigoso. Gilvan cabeceou e viu Volpi fazer linda defesa. Depois, na sequência, Marlon Freitas finalizou e quase marcou. Nos acréscimos, porém, o Tricolor chegou ao gol. Gabriel Sara cruzou da direita, a zaga do Atlético-GO desviou, o goleiro Kozlinski deu rebote, e Brenner, oportunista, colocou o São Paulo em vantagem.

Segundo tempo
Na etapa final, o Atlético-GO, assim como no primeiro tempo, se arriscou no ataque logo de cara em busca do empate. Mas abriu muito espaço para um São Paulo mais maduro no segundo tempo. Aos 19 minutos, o Tricolor chegou ao segundo gol com aquele que perdeu um gol quase feito no primeiro tempo: Gabriel Sara. O garoto avançou em contra-ataque, cortou para o meio e bateu colocado, rasteiro, de fora da área. O Dragão, três minutos depois, quase diminuiu. Chico aparece na cara de Tiago Volpi, que fez grande defesa. Aos 25, o Tricolor ampliou. De novo com Brenner, autor do primeiro gol. Tchê Tchê fez boa jogada na esquerda, rolou para Sara cruzar para o atacante completar: 3 a 0. O time visitante não desistiu de tentar reagir e foi para cima do São Paulo, mas parou em noite inspirada de Tiago Volpi.

error: